Pontual MT
Faça sua busca
Sábado, 16 Out 2021

Número de mulheres mortas aumenta quase 70% em MT no 1º semestre

Neste ano, 32 mulheres foram vítimas de feminicídio

03 Ago 2020 às 12:35
G1 MT
Foto G1 MT
O primeiro semestre de 2020 teve um aumento de 68% no número de feminicídios se comparado com o mesmo período de 2019. Neste ano, 32 mulheres morreram em Mato Grosso, enquanto que no ano passado foram 19 vítimas.

Os dados, divulgados nesta segunda-feira (3), são da Superintendência do Observatório de Violência da Secretaria de Estado de Segurança Pública (Sesp-MT).

De acordo com a secretaria, os dados são preliminares, pois durante a investigação dos crimes pode haver mudanças na autoria e motivação, podendo ser classificados como homicídios dolosos. Inclusive, o número de homicídios dolosos contra mulheres entre 18 e 59 anos apresentou redução significativa de 46%.

Neste ano, conforme o levantamento, 14 casos de homicídios dolosos foram registrados, enquanto que no ano passado este número chegou a 26 crimes.

No total de mortes envolvendo mulheres somando todas as motivações, 46 crimes foram registrados este ano. Já no mesmo período de 2019, foram 45 ocorrências.

Segundo a Sesp-MT, o número de homicídios dolosos tentados diminuiu 23%, sendo registrados 108 tentativas de homicídio contra 140 no mesmo período do ano passado.

Outros crimes

A maior parte dos outros crimes contra a mulher apresentou redução nos índices, conforme os dados divulgados.

O crime que mais apresentou registros foi o de ameaça com 8.644 ocorrências. No entanto, se comparado ao ano anterior, teve uma redução de 15%.

Crimes de lesão corporal somou 4.506 denúncias, totalizando redução de 11% em relação a 2019.

Na sequência estão injúria (2.436 casos e redução de 17%), difamação (1.242 casos e redução de 29%), calúnia (750 casos e redução de 20%), perturbação de tranquilidade (417 casos e redução de 29%) e violação de domicílio (420 casos e redução de 7%).

Seguindo a mesma tendência, o número de estupros diminuiu 5%. No primeiro semestre de 2019 ocorreram 188 estupros, e neste ano foram 179.

No entanto, o estupro de vulnerável apresentou aumento de 30%, passando de 20 casos no ano passado para 26 ocorrências neste ano.


as mais lidas
tempo Alta Floresta
°
facebook
notícias

Geral

Incêndios na Amazônia aumentam em julho

O desmatamento subiu 25% no primeiro semestre

Brasil

Brasil passa de 70 mil mortes por coronavírus

O numero de casos supera 1,8 milhão

Geral

IFMT inaugura laboratório para testes de Covid-19 em Alta...

Hoje as cidades da microrregião só fazem os chamados “testes rápidos”

Geral

Prova de vida de aposentados e pensionistas é suspensa até...

Adiamento foi decidido para evitar contaminações por covid-19

Geral

Araras começam ocupar ninhos criados por projeto social em Sinop

Desde o início do projeto, quatro filhotes de araras já foram resgatados

veja mais